Quinta de São Sebastião à conquista de mercados externos

Multiwines, Lda.

01 Dez 2013

Com a distribuição interna assegurada pela Caves da Montanha, as marcas produzidas pela Sociedade Agrícola de Arruda, com destaque para os vinhos Quinta de São Sebastião, estão a saltar as fronteiras com destino à Suíça, Colômbia e Moçambique. No primeiro daqueles países, a colocação no mercado é da responsabilidade da Arbalete Wine Distribution, sediada em Genebra, onde os vinhos da marca foram dados a conhecer no Pub Arbalete. Propriedade do empresário português José Abreu, aquele restaurante é frequentado pela comunidade portuguesa e também pelo público local.

 

A nova distribuidora, constituída em sociedade com o Grupo Madre, corresponde ao objetivo de celebrar parcerias locais para a exportação de vinho. A distribuidora suíça foi a primeira a entrar em atividade e, apesar de operar atualmente na referida cidade, ambiciona, numa próxima fase, chegar a todo o território suíço.

 

No que respeita a Moçambique, os vinhos estão a ser colocados no mercado através de uma parceria local com uma empresa do ramo da distribuição alimentar, e o primeiro contentor, com cerca de 15 mil garrafas, foi expedido a 17 de setembro passado, juntamente com outros produtos e marcas. O portfolio das novas distribuidoras locais, naqueles dois países, vai além dos vinhos da Quinta de São Sebastião, por se ter considerado que a apresentação de um leque abrangente de marcas consiste na estratégia adequada a esta operação internacional, que está a testar o mercado numa fase inicial. Neste leque incluem-se os vinhos da Região de Lisboa (com o Quinta de São Sebastião e a restante gama da Sociedade Agrícola de Arruda), o branco Morgado de Santa Catherina e o Prova Régia, da Companhia das Quintas; o Alentejo está representado com os vinhos da Casa de Santa Vitória, do Grupo Vila Galé; os vinhos do Douro são oriundos da Companhia das Quintas, com o Quinta da Fronteira; quanto aos espumantes, são da Bairrada, da distribuidora Caves da Montanha.